Quando suspeitar de diabetes em crianças?

O diabetes já é uma epidemia mundial. Infelizmente, O número de casos vem crescendo assustadoramente nos últimos anos em adultos e também em crianças, inclusive em crianças muito jovens, como aquelas abaixo de 5 anos. Por isso, é muito importante estar atento aos sintomas, já que suspeitar precocemente de diabetes pode evitar que a criança seja internada, fique grave, ou até morra.

Uma diferença marcante do diabetes infantil é que a evolução é rápida. Uma vez que os sintomas se manifestem, o adolescente ou a criança pode ficar muito grave se o diagnóstico não for precoce. O mais comum é os pais relatarem que os sintomas começaram há 1 semana ou 1 mês antes de procurar atendimento médico. Pelo mesmo motivo, os jovens não apresentam complicações do diabetes assim que descobrem a doença, como acontece com os mais velhos. Nos adultos, uma ferida no pé que não cicatriza ou exame oftalmológico de rotina alterado podem ajudar no diagnóstico. Essas complicações crônicas podem aparecer a partir de cinco anos de doença, se o controle da glicemia (nível de glicose no sangue) for muito ruim.

Todo mundo sabe que quem tem diabetes urina demais. Porém, é importante suspeitar que a glicose esteja alta quando a criança começar a acordar à noite para urinar, ou voltar a fazer xixi na cama. Isso acontece porque os níveis de glicose no sangue estão tão elevados que o excesso sai na urina e leva consigo grande quantidade de água. Por isso, também é comum ver formigas no vaso sanitário quando há alguém com diabetes descontrolado em casa. Lembrando que geralmente esse é um sintoma de início recente. Não suspeitamos de diabetes em uma criança que desde bebê urinou muito.

Outro sintoma que deve ser lembrado é a sede excessiva. Não é o caso de pacientes que sempre beberam muita água. Crianças com diabetes começam a acordar à noite para tomar água ou a pedir líquidos a todo momento, inclusive porque urinam muito, como já foi dito acima. E se esse líquido não é oferecido, pode haver desidratação grave.

Também é importante desconfiar de emagrecimento significativo e de forma rápida. É frequente o relato da família de que o filho perdeu 7 kg em 1 mês, mesmo comendo muito. Realmente o apetite está muito aumentado nos casos de diabetes descontrolado e glicemia muito alta.

Por outro lado, um mito que deve ser desfeito é aquele de que a criança ou o adulto tem diabetes porque está comendo muito doce. Não é a ingestão excessiva de doces que leva ao diabetes, especialmente em crianças. No diabetes tipo 2, mais comum em adultos, comer em excesso todo tipo de alimento (não somente doces) e a obesidade secundária a isso – associada ao sedentarismo – é que predispõem ao diabetes. Da mesma forma, a criança com diabetes descompensado tem apetite aumentado para qualquer comida, seja ela doce ou salgada.

Esses são os sintomas mais comuns daqueles que têm diabetes descontrolado, ou seja, com níveis de glicose muito elevados. É importante ficar atento caso eles se manifestem e procurar um médico com urgência, porque o atraso no diagnóstico pode significar a diferença entre a vida e a morte da criança ou adolescente.

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *